CS Ecoturismo

Cuidados iniciais em emergências traumáticas (fraturas)

Veja os procedimentos em caso de acidentes com fratura durante a prática esportiva.

Por:

A todo instante estamos sujeitos a ações físicas de grande porte impostas a nossa estrutura corporal. Sempre que levamos nossos corpos ao extremo, estaremos prestes a perceber que em certos momentos, nossa estrutura corporal é relativamente frágil. As lesões causadas por ações traumáticas como quedas, impactos na horizontal, e etc… Podem causar uma série de perturbações no organismo e quase sempre essas perturbações afetam os ossos e articulações. Saber como agir quando esse tipo de evento acontece é uma forma muito útil de diminuir a dor do acidentado e melhorar e muito a resposta que o corpo terá a esse tipo de lesão. Os cuidados iniciais em situações de trauma ósseo envolvem procedimentos de identificação da lesão, região anatômica comprometida, mobilização e imobilização da parte afetada. Saber como conduzir um socorro é muito prazeroso e torna a condição psicológica da vítima muito mais estável.

Você que pratica Esportes Radicais ou que gosta de aventuras em momentos oportunos, como dito várias vezes antes, deve procurar se informar dos perigos e de como agir quando algo de ruim acontece.

Em caso de fratura, o recomendado é, em primeiro lugar, acionar o Serviço de Emergências Médicas (193, 192). Caso você tenha algum treinamento, deve proceder com o isolamento do local e certificar-se de que nada pode ferir ainda mais a vítima ou o socorrista. Após constatar que o local esta seguro, você deve questionar a vítima sobre o que pode ter causado a lesão e enquanto isto verificar o nível de consciência que ela demonstra. Este tipo de procedimento deve ser feito, pois não sabemos se a queda ou o impacto promoveu lesão neurológica. Depois disto, deveremos identificar o tipo de lesão e promover os cuidados iniciais para reduzir a dor e a possibilidade de agravo das lesões existentes. As classificações de fraturas e os tipos de imobilizações exigem um treinamento. Para que todos possam ajudar sem prejudicar, o recomendado é que, se você que não possui nenhum treinamento, chame logo o Serviço de Emergência Médica, não toque na vítima e nem ofereça nada para confortá-la de forma alguma (água, cobertores, alimentos etc…). Lembre-se que querer ajudar é diferente de saber ajudar.

Informações complementares


Referências por palavra-chave



Clique aqui para inserir um comentário

Total: 1 comentário(s)

Camila em
A pesquisa está ótima, me ajudou muito, obrigada,e continuem com essas pesquisas maravilhosas.......
0 0

 
0 0
Facebook Twitter