CS Ecoturismo

Arvorismo

Informações sobre o arvorismo

Confira a programação para esta modalidade

» História e variações

O arborismo (popularmente denominado como arvorismo) é um atividade esportiva que teve início com uma técnica criada por diversos cientistas – como botânicos, biólogos, etc. – da Costa Rica na década de 1980 para efetuar a análise e a observação da natureza à partir da copa das árvores, assim como coletar de amostras e espécies e efetuar outras pesquisas.

Eram criadas plataformas para possibilitar o conforto e a possibilidade de pernoite no ambiente, sem interferir no meio e sem ficarem expostos aos mesmos riscos de serem atacados como ficariam no solo. Além disto, permitiram que o deslocamento entre as árvores seja feita sem a necessidade de descer de uma para depois subir em outra árvore. Inicialmente, estas transposições eram realizadas com o auxílio de cordas. Porém, com o tempo, as técnicas foram sendo aperfeiçoadas e começou-se a utilizar cabos de aço para a sustentação e novas técnicas de travessia foram inventadas.

À esta modalidade, damos o nome de arvorismo técnico.

Alguns anos depois, na França e Nova Zelândia, já na década de 90, a técnica foi adaptada para ser uma atividade de esporte de aventura. Esta variação, fez com o que fossem inseridos obstáculos e conferido um aumento no grau de dificuldade que possua o entretenimento como finalidade. À esta variação, que é como conhecemos o arvorismo como prática de lazer, chamamos de arvorismo acrobático.

Enqunto isto, em 1997, ativistas ambientais da Inglaterra utilizavam as técnicas do arvorismo para contemplação e para evitar a devastação das florestas do país. Com um objetivo de contemplação e a preservação ecológica, e tendo um grau de dificuldade menor que as outras duas variações do arvorismo, foi-se criado o arvorismo contemplativo.

» Arvorismo acrobático

Hoje em dia, um circuito é composto de diversos itens e obstáculos, como a falsa baiana, o comando crawl, tirolesa, entre outros. Através destes obstáculos, consegue-se atravessar a copa das árvores. Um cabo guia acompanha todo o percurso e fica preso ao participante para garantir a segurança em caso de queda. Além disto, outros equipamentos de segurança devem fazer parte do roteiro para garantir a segurança do participante que irá depender do circuito, sendo o capacete, o baudrier, as fitas solteiras, mosquetões e roldanas são alguns dos itens obrigatórios que podem ser considerados obrigatórios para o esporte.

O arvorismo acrobático no Brasil foi implantado em 1998, em Analândia (SP) e hoje está difundido no país. Devido a sua grande quantidade de florestas com árvores propícias para montagem de um circuito de arvorismo, o país se apresenta como um grande potencial para a prática do esporte.

Veja também outras informações relacionadas à esta modalidade!

 
0 1
Facebook Twitter