CS Ecoturismo

» Trekking » RJ

Largo da Caveira [via Caminho das Almas] (Parna Tijuca)

Uma passagem ou um destino?
O Largo da Caveira é uma região que, apesar de ser utilizado como rota de passagem para outras trilhas do parque, possui por si a sua própria história e atrativos.

Informações técnicas:

ICMBio - Parque Nacional da Tijuca


E-mail(s) / Site(s)

parnatijuca@icmbio.gov.br

Telefone(s)

+55 (21) 2491-1700 » Brasil
+55 (21) 2492-2252 » Brasil
+55 (21) 2492-2253 » Brasil
+55 (21) 2492-2252 » Brasil
Fax
+55 (21) 2491-1700 » Brasil
Fiscalização

Endereço(s)

Estrada da Cascatinha, 850
Alto da Boa Vista
Rio de Janeiro (RJ)
20531-590

Informações gerais

» É totalmente proibido a permanência dentro do parque fora do tempo estipulado.

» Funcionamento:
  * Diariamente, das 08:00 às 17:00. Estendido até às 18:00 durante o horário de verão).
  * Corcovado: 08:00 às 19:00. Estendido até às 20h no horário de verão).
  * Parque Lage: 08:00 às 18:00. Estendido até às 19:00 no horário de verão) ou até às 22:00 com autorização da administração.

» Excetuando-se a taxa de acesso ao monumento do Cristo Redentor, o parque não cobra nenhuma taxa de acesso.
  * Valores para a taxa de acesso ao Cristo Redentor:
    ** De trem: R$ 62,00 inteira (ida e volta).
    ** De van saindo do Largo do Machado ou de Copacabana (ida e volta):
      - R$ 62,00 na alta temporada
      - R$ 55,00 na baixa temporada.
      - R$ 27,00 para crianças de 06 a 11 anos e idosos a partir de 60 anos.
      - Crianças de até 05 anos e guia de turismo cadastrados no Ministério do Turismo (acompanhado com um mínimo de 3 pagantes) não pagam.
    ** De van do antigo hotel Paineiras (ida e volta):
      - R$ 35,00 na alta temporada, aos finais de semana e feriados.
      - R$ 24,00 na baixa temporada.
      - Crianças até 11 anos, idosos a partir de 60 anos e guia de turismo cadastrados no Ministério do Turismo (acompanhado com um mínimo de 3 pagantes) não pagam.
      - Esse também é o valor cobrado para quem acessa o monumento a pé.
Fácil / Intermediária
Somente em pontos chaves
Protegido do sol em todo o percurso
645m

Relate sua experiência:

0 pessoa(s) já foi/foram!

O tempo na região:

Por:

O Largo da Caveira, no coração da Floresta da Tijuca, está situado entre as principais trilhas do setor, permitindo ao caminhante diversas possibilidades de roteiro.
Saindo do Centro de Visitantes, pegamos o caminho que nos leva à Estrada do Excelsior, passando pelo Recanto do Tai-Chi, conhecida área para prática de meditação.
Pouco a frente, atravessando a pequena Ponte das Almas, entramos na trilha, que sobe suavemente, com pouca inclinação, pela maior parte do tempo. Do lado esquerdo, nota-se o Rio das Almas fluindo pela mata e suas águas sussurando aos ouvidos. Em cerca de 10 minutos desde seu início, a trilha bifurca-se. Nosso destino estará subindo a direita, mas vale a pena seguir adiante para apreciarmos a Cachoeira das Almas, uma refrescante ducha numa queda de 4 metros localizada à 563 metros de altitude.

Embora o nome Caminho das Almas possa parecer curioso, não existe muito consenso sobre as origens dessa atribuição. De um lado, alguns historiadores defendem que o nome remete à época cafeeira, uma vez que o local usado para trânsito de escravos teria sido, também, ponto para seus ritos e manifestações culturais. Por outro, há quem defenda uma versão mais recente, na qual o então prefeito do antigo Distrito Federal, Henrique Dodsworth, surpreso com a quantidade de oferendas religiosas, teria assim batizado o lugar. Seja como for, as raízes dessa questão certamente encontram o misticismo afro-brasileiro.

Retornando pelo mesmo caminho, subimos agora por aquela bifurcação anterior, o Caminho do Vale da Caveira. Desta vez a trilha é mais íngreme e, em alguns trechos, acidentada. Nessa parte, caminharemos com nossos pés pisando na própria história. Uma história de desgaste e recuperação, pois estaremos em uma antiga área de cafezal, pertencente a uma fazenda do século XIX, hoje completamente reflorestada. Após todo esforço para vencermos os 115 metros de desnível, passando por três pequenos riachos afluentes do Rio Caveira, chegaremos ao Largo da Caveira.

Neste local, as ruínas de uma casa antiga chamam a atenção. Elas foram construídas em 1843, quando o Parque Nacional da Tijuca era administrada pelo empresário industrial Raymundo Castro Maya, para servir de casa de guarda a um vigilante e sua família, tendo sido abandonada na década de 1970. No entanto, toda exuberância da vida animal e vegetal continua presente no lugar, tomado pela tranquilidade a aproximadamente 645 metros de altitude. Dali é possível seguir por vários caminhos. Pode-se seguir à Estrada do Excelsior e Morro do Anhangüera, descer à Cachoeira das Almas, subir ao Pico do Andaraí Maior ou mesmo partir por um caminho alternativo para os Picos Tijuca-Mirim e Tijuca.

É possível também chegar no Largo da Caveira por um outro caminho, vindo pela estrada do Excelsior. Clique aqui para ver este roteiro.

Observações:

  • Clique no link contendo o nome do parque em Administrador nas “Informações Técnicas” no quadrante ao lado para obter informações sobre formas de contato e outras informações necessárias do parque.
Mapa

O acesso à entrada principal do Parque Nacional da Tijuca é realizada pelo Alto da Boa Vista, ponto divisório entre a rua Boa Vista (com início no Itanhangá) e a av. Edison Passos (com início na Usina, no final da rua Conde de Bonfim).
Após entrar no parque, deve-se seguir pela estrada existente dentro do parque até o Centro de Visitantes, na estrada da Cascatinha, em um trajeto de 1,7 Km por dentro do parque, em uma constante subida. No caminho pode-se apreciar algumas belezas do parque como: a cachoeira Cascatinha Taunay, fontes para beber água, a capela Mayrink, áreas de piquenique e o próprio centro de visitantes.
Para quem vai realizar o caminho a pé (existe uma ciclofaixa durante todo o trajeto), o trajeto pode durar uns 25 minutos. De carro, o percurso por dentro do parque dura, aproximadamente, 8 minutos, aonde existe um estacionamento no local.

De ônibus:

O acesso até a portaria do parque pode ser realizado por ônibus, porém, para chegar ao início da trilha torna-se necessário percorrer a parte por dentro do parque a pé.
No local, passam algumas linhas de ônibus, como:

  • 301 - Rodoviária «» Barra da Tijuca
  • 302 - Rodoviária «» Recreio dos Bandeirantes
  • 345 - Candelária «» Barra da Tijuca

De carro vindo pela Tijuca/Usina

Siga até o final da rua Conde de Bonfim, aonde o fluxo da pista já jogará diretamente na av. Edison Passos. Continue por 4,8 Km e logo a praça estará à direita. Antes da praça, haverá a rua que passa por trás da praça e dá acesso para a portaria do parque. Entre e siga adiante, como explicado acima.

De carro vindo pela estrada de Furnas

Este caminho pode ser utilizado por quem vem por diferentes pontos da zona sul da cidade através dos seus diversos caminhos que acabam dando acesso à estrada de Furnas, como a estrada Redentor, Vista Chinesa, estrada da Pedra Bonita, São Conrado e outros. A partir do início da estrada de Furnas, no Itanhangá, a praça Afonso Viseu fica à esquerda após 5,5 Km. Faça conversão à esquerda na rua que fica logo após a praça para passar por trás dela e ter acesso à portaria do parque. Entre e siga adiante, conforme explicado nos primeiros parágrafos.


Google Maps:

Openstreetmap:


Clique aqui para inserir um comentário

Total: 0 comentário(s)

Nenhum comentário encontrado!