CS Ecoturismo

» Trekking » RJ

Pedra do Elefante [Alto Mourão] (Parque est. da Serra da Tiririca)

A Pedra do Elefante, também conhecida como Alto Mourão, é o ponto mais alto da Serra da Tiririca e dona do visual mais bonito da região.

Informações técnicas:

INEA RJ - Parque Estadual da Serra da Tiririca


E-mail(s) / Site(s)

administrador@parqueserradatiririca.org
falecom@parqueserradatirirca.org

Telefone(s)

+55 (21) 2638-4411 » Brasil
Sede
+55 (21) 2709-9176 » Brasil
Núcleo Itacoatiara

Endereço(s)

Rua Domingues Mônica Barbosa, lote 4
Recanto de Itaipuaçu
Maricá (RJ)

Endereço da sede
Rua das Rosas, 24
Itacoatiara
Niterói (RJ)
24936-070

Núcleo Itacoatiara

Informações gerais

» O parque não cobra taxa de entrada.

» O camping no local não é permitido.

» Horário de funcionamento de terça-feira à domingo:
  * das 08:00 às 17:00, para visitação em trilhas.
  * das 09:00 às 17:00 no setor administrativo.
Intermediária
Somente em pontos chaves
Protegido do sol em grande parte do percurso
1:30
442m

Relate sua experiência:

0 pessoa(s) já foi/foram!

O tempo na região:

Localizado no Parque Estadual da Serra da Tiririca, e localizado entre as praias de Itacoatiara e Itapuaçu, a pedra do Elefante (que também é conhecido por Alto Mourão) é o ponto mais alto do parque e possui um dos visuais mais bonitos de toda a região. A pedra possui este nome devido ao seu formato, visto pela praia de Itapuaçu, que faz lembrar o formato de uma cabeça de elefante com a tromba.

A trilha fica localizada próximo ao Mirante da Estrada do Itapuaçu (RJ 102), aproximadamente uns 30 metros depois deste mirante seguindo em direção a Itacoatiara. Existe uma placa indicativa no início da trilha e ela é bem definida, aonde deve-se prestar atenção somente nas duas bifurcações existentes no trajeto. O início é marcado por uma subida constante e um pouco íngreme, porém sem maiores dificuldades. Com 15 minutos, chega-se em uma clareira, na qual possuem algumas plantas do gênero Agave.

Logo após uma leve subida, a trilha terá um trecho em declive para depois voltar a subir. Continuando por mais alguns minutos, deve-se prestar atenção na primeira bifurcação que aparece. Ela não é muito sinalizada, porém, deve-se prestar atenção. A única referência visual é uma marcação na árvore, apontando com uma seta à esquerda, trilha na qual deve-se seguir. Ao seguir reto, o caminho incorreto, a trilha logo deve fechar-se, indicando que não há continuidade. Deve-se voltar para pegar o trecho correto.

Logo após, haverá uma outra bifurcação. Nesta existe uma placa indicativa amarela indicando o caminho certo a seguir: para a esquerda. Logo após, chega-se à um mirante, na qual é possível ter uma bela visão do Morro do Telégrafo, assim como do Costão de Itacoatiara. Sendo a última parte protegida do sol, o mirante é um ponto ideal para um breve descanso antes de encarar a última parte do trajeto.

Continuando a subir, logo chega-se em uma parte aonde deve-se subir em um trecho de rocha, em uma parte que deve-se utilizar o apoio das mãos e que requer um cuidado e atenção redobrada. Logo após passar por este trecho, poucos metros depois chega-se à um platô com uma visão magnífica de toda a orla da região oceânica de Niterói, com destaque para a praia de Itacoatiara e da Lagoa de Itaipu além das ilhas Pai e Mãe - que são duas de um conjunto de três ilhas (Pai, Mãe e Filha) que ficam na direção da praia de Itacoatiara -; o parque da Serra da Tiririca; parte de Maricá; e parte da cidade do Rio de Janeiro (em especial aos morros do Parque Nacional da Tijuca).

Continuando a subida, chega-se em outro platô, aonde é possível ter uma visão incrível da gigantesca praia de Itapuaçu, com quase 15 Km de extensão, além da visão de grande parte da Serra da Tiririca .

A trilha da Pedra do Elefante é uma trilha que possui como ápice um visual maravilhoso e também conta com bons desafios para a satisfação do aventureiro!

Observações:

  • Clique no link contendo o nome do parque em Administrador nas “Informações Técnicas” no quadrante ao lado para obter informações sobre formas de contato e outras informações necessárias do parque.

Pedra
Pedra
Mirante
Mirante
Mirante
Trilha
Trilha
Trilha
Agave
Sinalização
Sinalização
Trilha
Trilha
Costão de Itacoatiara
Morro do Telégrafo
Serra da Tiririca
Itapuaçu
Itapuaçu
Itacoatiara
Itacoatiara
Itacoatiara
Camboinhas

O acesso à trilha para a trilha da Pedra do Elefante se dá pela Estrada de Itapuaçu (RJ 102). Em seu ponto mais alto, fica o início da trilha, aonde 30 metro dali há um mirante na qual é possível estacionar. Porém, são pouquíssimas vagas existentes e geralmente lotam bem cedo. Neste caso, a única opção é estacionar na parte de baixo da estrada e seguir andando até o topo (ou pegar o transporte por van que existe no local).

De carro:

Para quem vem de Niterói, deve-se pegar qualquer uma das opções em relação à Itacoatiara. O melhor trajeto dependerá do dia, devido ao transito intenso existente na região de Niterói.
O acesso mais rápido (em Km) é feito por Piratininga, que pode ser acessada pela Alameda São Boaventura (RJ 104) para quem vem da Ponte Rio - Niterói ou por Icaraí. Antes (para quem vem de Niterói) do trevo de Itacoatiara, deve-se acessar o trevo da estrada que vai para Itapuaçu e entrar na estrada Gilberto de Carvalho (RJ 102), conhecida também por Estrada de Itapuaçu. Dali, seguir até o mirante.

Para quem vem da Região dos Lagos, o ideal é vir pela Rodovia Amaral Peixoto (RJ 106) e entrar em Itapuaçu pela estrada dos Cajueiros, em Inoã. Dali, acessar a RJ 102 e seguir em direção a Niterói. Saindo da avenida do Canal e seguindo pela estrada de Itapuaçu em direção à Itacoatiara são, aproximadamente 2,2 Km até chegar no mirante.

De ônibus:

Para quem vem do centro de Niterói, é possível pegar no terminal João Goulart (que fica ao lado da estação das barcas), o ônibus da linha:

  • 38 - Itaipu «» Centro

Para quem vem do Rio de Janeiro, há a opção de pegar o ônibus da linha:

  • 770D - Itaipu «» Castelo

Deve-se descer no trevo de Itacoatiara. Após, deve-se ir andando até ao trevo anterior, que irá dar acesso à estrada Gilberto de Carvalho. Entrar nesta estrada (na qual há um posto de gasolina na esquina) e subir até o seu cume, onde há o início da trilha, em uma subida constante de 1 Km que dura, em média uns 25 minutos.

Para quem vem de Itapuaçu, deve-se pegar a estrada de Itapuaçu em direção a Itacoatiara e subir andando por um caminho de 2,2 Km por, aproximadamente, 40 minutos.

*** Outra opção para evitar subir a RJ 102 a pé é aguardar pelo transporte público por van que passa no local.


Veja o mapa (Google Maps):

Veja também outras informações relacionadas à esta atividade!



Clique aqui para inserir um comentário

Total: 0 comentário(s)

Nenhum comentário encontrado!