CS Ecoturismo

» Trekking » RJ

Pico das Prateleiras (Parna Itatiaia)

Um dos atrativos mais almejados pelos visitantes do Parque Nacional de Itatiaia

Informações técnicas:

ICMBio - Parque Nacional do Itatiaia


E-mail(s) / Site(s)

Telefone(s)

+55 (24) 3352-1292 » Brasil
+55 (24) 3352-2288 » Brasil
+55 (24) 3352-6894 » Brasil

Endereço(s)

Estrada do Parque Nacional, Km 8,5
Itatiaia (RJ)
27580-000

Caixa Postal 83.657

Informações gerais

» Funcionamento da parte baixa: das 08:00 às 17:00.
» Funcionamento da parte alta: entrada das 07:00 às 14h30. A permanência até às 18:00.

» A tarifa de entrada no parque é de R$ 25,00.
    * Brasileiros possuem 50% de desconto e moradores do entorno 90%.
    * Para cada dia adicional, o visitante paga 50% (finais de semana e feriados) ou 90% (dia útil) do valor pago no valor da diária. Ou seja: R$ 6,25 (finais de semana e feriados) ou 1,25 (dia útil) no dia adicional (a partir do 2º dia).
    * Há dias que os descontos para os moradores do entorno não serão válidos (consulte o guia do visitante).
    * O desconto não é válido para os abrigos e campings.
    * Menores até 12 anos de idade e maiores a partir de 60 anos são isentos de taxas.
    * Para maiores informações, consulte o guia dos visitantes do parque (link abaixo) ou entre em contato com o parque.

» Abrigo Rebouças e Abrigo Água Branca - R$ 10 por dia e por pessoa;
» Camping Rebouças - R$ 6 por dia e por pessoa

» Ciclismo somente nas estradas.

» Pernoite somente nos abrigos e campings: abrigo Rebouças, abrigo Água Branca, camping do Rebouças e camping no abrigo Massena e no rancho Caído.

» Piquenique somente nos quiosques do Lago Azul, gramados do centro de visitantes na parte baixa. Na parte alta, no abrigo Rebouças e nos atrativos.

» Normas de conduta, equipamentos mínimos necessários para levar em áreas de escalada e outras informações, consultar o guia do visitante.

» Valores consultados em 28/11/2014. Consulte o guia do visitante ou entre em contato com o parque para verificar se não houve alteração nos preços.

» Guia do visitante: http://www.icmbio.gov.br/parnaitatiaia/guia-do-visitante.html
Intermediária
Em todo o percurso
2:00
2,548km

Relate sua experiência:

0 pessoa(s) já foi/foram!

O tempo na região:

Junto com o pico das Agulhas Negras, o pico da Prateleiras é um atrativos mais procurados do Parque Nacional do Itatiaia. O seu início começa na entrada do parque pela parte alta, na qual segue-se até o abrigo Rebouças. De lá, parte-se em direção ao pico em uma caminhada de quase 1 hora. No caminho, é passa-se por perto de outros pontos do parque, como a pedra da Tartaruga, a pedra da Maçã e também a pedra Assentada.

Chegando próximo à sua base, segue-se em direção pelo caminho da direita, em uma subida rumo ao topo.

Do seu topo, pode-se também efetuar um rapel de 60, 50 e 45 metros de altura, além de assinar o livro do cume. Porém, para chegarmos até lá, é necessário passar por um de seus atrativos, a passagem chamada “pulo do gato”. Esta passagem, pode ser transposta por um salto, porém, é recomendável a utilização de cordas para a sua transposição. Logo após, é necessário subir por uma fenda, onde poderá ser necessário também a utilização de cordas.

Em seu topo, temos além de sua formação rochosa, que possui formato singular, uma visão privilegiada da região. No topo, há um livro para os visitantes assinarem.

Abrigo Rebouças e camping

Construído na década de 1950 e considerado o abrigo em maior altitude do país, a 2.350 metroa de altitude, o abrigo, além de ser uma parada para os visitantes que permanecem mais de um dia no parque, também possui a característica de ser um ponto de referência inicial para quem deseja ir para diversos atrativos do parque, como o pico das Prateleiras, pico das Agulhas Negras, do rio Aiuruoca, devido as trilhas de acesso terem o local como seu ponto inicial. O seu nome é em homenagem ao geólogo André Pinto Rebouças (1838-1898).

Depois de uma obra estrutural realizada em 2006, o abrigo atualmente possui estrutura para acomodar 16 visitantes, além de uma área de camping em sua parte externa. Para pernoitar no abrigo, deve-se efetuar a reserva antecipadamente. Maiores informações, consulte o manual de normas e reservas do abrigo, disponível em: http://www.icmbio.gov.br/parnaitatiaia/images/stories/Normas_UP/normas_reserva_e_uso_abrigo_reboucas.pdf

O camping dispõe de 15 vagas disponíveis para barracas de até 3 pessoas, sendo que 10 destas barracas estarão disponíveis para reservas, sendo as 5 restantes ocupadas por ordem de chegada.

Para chegar até o abrigo itatiaia, deve-se seguir pela estrada de terra a partir da entrada Marcão (parte alta) por 3 quilômetros. Haverá a sinalização no local. Para quem está vindo da parte baixa do parque (entrada de Itatiaia) pela Ruy Braga há também a sinalização do local.

Observações:

  • Clique no link contendo o nome do parque em Administrador nas “Informações Técnicas” no quadrante ao lado para obter informações sobre tarifas e outras informações necessárias.
Mapa

O acesso ao Abrigo Rebouças deve ser feito passando pela portaria alta do parque, o posto Marcão. Devido ao longo caminho a ser percorrido por estrada, não recomenda-se realizar o trajeto de ônibus, pois serão quase 13 quilômetros a ser percorridos a pé até chegar no abrigo após descer na BR 354.

Portanto, o roteiro o trajeto a ser considerado abaixo considera-se o caminho sendo percorrido por carro.

Vindo do Rio de Janeiro

Seguindo pela via Dutra (BR 116) sentido São Paulo e após passar pela entrada da cidade de Itatiaia, deve-se seguir e entrar na próxima rodovia à direita, a BR 354, que tem seu fim da sua primeira parte na cidade de Caxambu (MG).

Após 26 quilômetros percorridos, em uma rodovia de mão dupla e faixa única, sem acostamento, haverá a divisa dos estados do Rio de Janeiro e Minas Gerais. Um pouco antes, haverá do lado direito e um pouco após o posto de fiscalização fazendária do estado do RJ, uma estrada de acesso com sinalização. Siga as instruções abaixo para a estrada de acesso ao parque.

Vindo de São Paulo

Seguindo pela via Dutra (BR 116) sentido Rio de Janeiro e após passar pela entrada da cidade de Queluz, deve-se seguir e entrar rodovia à esquerda na rodovia, SP 054, que tem seu fim na cidade de Areias. O final desta estrada será no encontro com a rodovia BR 354, que segue de Itatiaia (RJ) até Caxambu (MG). Acesse a BR 354 e siga sentido a Caxambu (MG). Siga por mais 14 quilômetros até chegar na divisa entre os estados do Rio de Janeiro e de Minas Gerais. Logo após ao posto de fiscalização fazendária do estado do RJ e alguns metros antes da divisa, haverá uma estrada de acesso ao parque (estrada Abrigo Rebouças) no lado direito, com algumas placas de sinalização. Acesse-a e siga as instruções abaixo para a estrada de acesso ao parque.

Vindo de Minas Gerais

Acessando a BR 354 sentido a Itatiaia (RJ), após passar pela cidade de Itamonte (MG), no encontro com a LMG 881, siga por mais 20,5 quilômetros até a divisa de Minas Gerais com o Rio de Janeiro. Alguns metros após o totem da divisa, já no estado do Rio de Janeiro, haverá ao lado esquerdo uma estrada de acesso ao parque (estrada Abrigo Rebouças), seguindo em uma pequena subida. Acesse-a e siga as instruções abaixo para a estrada de acesso ao parque.

A partir da estrada de acesso ao parque

Siga por esta estrada por, aproximadamente, 10,5 quilômetros até chegar na portaria do parque. Após, feito o credenciamento e liberado o acesso, há duas opções. Para quem reservou a estadia no abrigo Rebouças, é possível que haja uma vaga para estacionar no abrigo. São poucas vagas, definidas por ordem de chegada.
Caso não tenha feito a reserva, não haja vaga disponível ou a estrada de acesso esteja fechada para o trânsito de veículos, é necessário estacionar na entrada do parque e seguir por 3 quilômetros por estrada de terra até chegar no abrigo.


Veja o mapa (Google Maps):

Veja também outras informações relacionadas à esta atividade!



Clique aqui para inserir um comentário

Total: 1 comentário(s)

Patricia Alvarenga Ferreira em
Boa noite, nesse domingo irei fazer as Prateleiras do Parque Nacional de Itatiaia, mais vou dizer estou assustada com o pulo do gato, bom o pessoal não levará equipamento, vão no pulo mesmo, eu com certeza não irei. Mais gostaria de saber se tem guias com aparelhagem no local??? E se vc tem noção de valores tbm??? Obrigada pela atenção. Patrícia Alvarenga Ferreira.
0 0