CS Ecoturismo

Parque Nacional da Serra da Bocaina

Cachoeiras, história, cultura, praias e piscinas e trilhas em um parque na divisa entre os estados do RJ e SP.


Atrativos desta UC

Cachoeira de Santo Isidro (São José do Barreiro) [Trekking]
Uma das cachoeiras mais visitadas da parte alta do Parque Nacional da Bocaina

Cascatas da Bocaina [Paredão e Onça] (São José do Barreiro) [Trekking]
Acesso para as cascatas da Onça e do Paredão.

 

Pico do Tira Chapéu [via casa de pedra] (São José do Barreiro) [Trekking]
Ponto culminante do parque nacional da Bocaina, com uma bela vista de toda a região.

O Parque Nacional da Serra da Bocaina (PNSB), é uma unidade de conservação localizado na serra do Mar, na região de divisa entre os estados do Rio de Janeiro e São Paulo.

É gerido pelo Instituto Chico Mendes de Biodiversidade e fica localizado na divisa entre os estados do Rio de Janeiro e São Paulo. Possui 104 mil hectares e é uma das maiores áreas protegidas de mata Atlântica.

Abrange a região litorânea da serra (com praias e piscinas naturais) e também a parte alta (esta com opções de cachoeiras e a trilha do ouro). Ambas possuem regiões com mirantes e trilhas, a história da região como caminho dos tropeiros, a cultura e caipira e caiçara, além de grande diversidade da fauna e flora de mata Atlântica.

Fontes e informações complementares:
ICMBio - Parque Nacional da Serra da Bocaina


Importante: procure informar-se sempre sobre os procedimentos de segurança do organizador, assim como sua qualificação.

COMO CHEGAR A SÃO JOSÉ DO BARREIRO

De veículo próprio

Rodovia dos Tropeiros no mês de julho, trecho entre Areias e São José do Barreiro (Marcelo G. de Oliveira). São José do Barreiro situa-se a 200 km do Rio de Janeiro, 278 km de São Paulo e 520 km de Belo Horizonte.

Quem vem do Rio de Janeiro deve seguir pela rodovia Presidente Dutra até Barra Mansa, entrando na RJ-157 em direção a Bananal, e dali seguindo até São José do Barreiro. Atenção: Em Bananal existe uma placa indicando "Serra da Bocaina". Ignore essa placa, pois ela conduz a uma região da serra sem entrada oficial para o Parque.

A partir de São Paulo, segue-se pela rodovia Presidente Dutra, entrando em Silveiras (caminho mais demorado) ou Queluz (caminho mais rápido). Ambas as estradas conduzem a Areias e São José do Barreiro.

A partir de Belo Horizonte, segue-se pela BR 381, depois pela BR 267 até Caxambu e daí pela BR 354 até a rodovia Presidente Dutra. Na Dutra, toma-se o sentido São Paulo, até chegar a Queluz. Em Queluz segue-se em direção a Areias, e dali para São José do Barreiro.

De ônibus

Há linhas regulares entre São Paulo e Guaratinguetá (viações Cometa e Pássaro Marron, com partidas de hora em hora), por meio das quais o visitante pode pegar o ônibus até São José do Barreiro, também em linha regulares (Pássaro Marron, linha Guaratinguetá - Bananal, três partidas diárias). Uma vez por semana a Pássaro Marron faz também a linha direta entre São Paulo (Terminal Tietê) e Bananal.

Para quem sai do Rio de Janeiro, as empresas Cidade do Aço e viação Sampaio têm linhas regulares para Resende (terminal Graal). Ali, o visitante deve tomar um táxi ou coletivo para a rodoviária central e pegar o ônibus da viação Penedo para São José do Barreiro (duas partidas diárias). Outra opção é descer em Barra Mansa, pegar um ônibus até Bananal (Colitur, várias partidas diárias), onde há linhas regulares para São José do Barreiro (Pássaro Marron, linha Bananal – Guaratinguetá, três partidas diárias).

A partir de Belo Horizonte, pode-se optar por seguir para Aparecida/SP (viação Atual, percurso mais curto; e viação Útil, percurso mais longo) ou Resende/RJ (viação Útil). Chegando em Aparecida, deve-se pegar um táxi para a rodoviária de Guaratinguetá (cerca de 7 km) e tomar o ônibus até São José do Barreiro (Pássaro Marron, linha Guaratinguetá - Bananal, três partidas diárias). Para quem chega em Resende (terminal Graal), é necessário pegar um táxi ou coletivo para a rodoviária central e pegar o ônibus da viação Penedo para São José do Barreiro (duas partidas diárias).

COMO CHEGAR A PARATY

De veículo próprio

Paraty situa-se a cerca de 240 km do Rio de Janeiro, 300 km de São Paulo e 610 km de Belo Horizonte.

A partir do Rio de Janeiro o percurso é todo feito pela BR 101 (Rio-Santos), passando por Mangaratiba e Angra dos Reis.

Partindo de São Paulo, o melhor percurso é feito pela Rodovia Ayrton Senna até a altura de São José dos Campos ou Taubaté. Para quem desce para o litoral a partir de São José dos Campos, seguir pela rodovia dos Tamoios até Caraguatatuba. Para quem desce por Taubaté, seguir pela rodovia Oswaldo Cruz até Ubatuba. Em ambos os casos, a partir dali segue-se acompanhando a costa litorânea pela BR 101 (mais conhecida como rodovia Rio-Santos). Atenção: não se recomenda a descida para o litoral a partir de Guaratinguetá, passando por Cunha. O trecho entre Cunha e Paraty possui 10 km não pavimentados em estado muito precário e sujeito a interdições.

Partindo de Belo Horizonte, segue-se pela BR 040 até Três Rios (divisa de MG com RJ), daí pela BR 393 até Volta Redonda e Barra Mansa. Segue-se então pela RJ 155 até Angra dos Reis e daí pela BR 116 (Rio-Santos).

De ônibus

A cidade de Paraty é servida por linhas regulares partindo de São Paulo (Reunidas Paulista, várias partidas diárias) e Rio de Janeiro (Costa Verde, várias partidas diárias). Para quem parte de Belo Horizonte, há linha regular até Angra dos Reis (viação Útil, uma partida diária). De Angra a Paraty há partidas durante todo o dia, pela viação Colitur. Paraty é conectada a várias outras localidades da região por linhas diversas.

Fonte: ICMBio


Clique aqui para inserir um comentário

Total: 0 comentário(s)

Nenhum comentário encontrado!

 
0 0
Facebook Twitter