CS Ecoturismo

Parque Nacional da Serra dos Órgãos

O parque com a maior rede de trilhas do país


Atrativos desta UC

Cachoeira dos 13 (Petrópolis) [Rapel]
Cascading em uma das mais bonitas cachoeiras de Petrópolis

Cachoeira dos 13 (Petrópolis) [Trekking]
Caminhada até uma das mais belas cachoeiras de Petrópolis

 

ICMBio - Parque Nacional da Serra dos Órgãos

E-mail(s) / Site(s)

contato.parnaso@icmbio.gov.br

Telefone(s)

+55 (21) 2152-1100 » Brasil
Administração
+55 (21) 2152-1103 » Brasil
Fax
+55 (21) 2152-1111 » Brasil
Portaria

Endereço(s)

Avenida Rotariana
Teresópolis (RJ)
25960-602

Informações gerais

» Taxa de ingresso: R$ 27,00.
  * Valores atualizados em 13/03/2015, podendo não estar atualizados. Consulte o site do parque para obter os valores atuais.
  * Moradores dos municípios de Petrópolis, Teresópolis e Guapimirim ou titulares ou parente de 1º grau de beneficiários do bolsa família (necessário levar comprovante) possuem 80% de desconto (R$ 3,00).
  * Brasileiros ou estrangeiros que comprovem residência no país ou que tenham identidade brasileira possuem 50% de desconto (R$ 14,00).
  * Maiores de 60 anos e menores de 12 anos não pagam.

» Para acessar as trilhas na montanha, para o primeiro dia: R$ 43,00 (mais a taxa de ingresso).
  * Brasileiros ou estrangeiros que comprovem residência no país ou que tenham identidade brasileira possuem 50% de desconto (R$ 20,00).
  * Membros de clubes de excursionista possuem 75% de desconto (R$ 11,00). Para dias adicionais, não há este tipo de desconto.

» Para dias adicionais na montanha, aos sábados, domingos e feriados: R$ 21,50 por dia.
  * Brasileiros ou estrangeiros que comprovem residência no país ou tenham identidade brasileira possuem 50% de desconto (R$ 11,00 por dia).

» Para dias adicionais na montanha, em dias úteis (2ª a 6ª feira): R$ 4,30 por dia.
  * Brasileiros ou estrangeiros que comprovem residência no país ou tenham identidade brasileira possuem 50% de desconto (R$ 2,20 por dia).

» A tarifa de diárias é relativa à quantidade de dias no parque. Se, por exemplo, o visitante subir uma montanha e voltar no mesmo dia, não haverá nenhuma cobrança de diária. Mas, caso haja um pernoite, serão cobradas DUAS diárias.

» Camping (por pessoa, por pernoite): R$ 18,00

» Estacionamento de carros (R$ 10,00) e de motos (R$ 6,00) cobrados por dia.
  * Estacionamento somente nas sedes de Teresópolis e Guapimirim. Em Petrópolis, há estacionamentos particulares próximos.
  * Veículos com ocupantes menores de 12 anos ou maiores de 60 anos estão isentos do pagamento.

» A venda de ingressos, reservas de trilhas, campings e abrigos de forma antecipada é feita através do site http://www.parnaso.tur.br. Dúvidas podem ser dirimidas no e-mail ingresso@hoperh.com.br

História e características

Ao pensar em um parque na qual se pode conhecer diversos atrativos e ter diversas trilhas para percorrer, o parque nacional da Serra dos Órgãos deve ser colocado em primeiro lugar. Afinal, são mais de 130 quilômetros de trilhas abertas para os visitantes, incluindo para deficientes físicos e também de variados níveis de dificuldades, espalhadas pelos seus 20.024 hectares de área, abrangendo os municípios de Petrópolis, Teresópolis, Guapimirim e Magé.

O parque, que faz parte da Serra do Mar, e foi criado em 1939, dispõe de três sedes para o atendimento aos seus visitantes. Uma das sedes fica em Petrópolis, a outra em Teresópolis e a última fica em Guapimirim.

Atrativos

O parque conta com pontos históricos e referenciais na prática dos esportes de aventura do país. O pico do Dedo de Deus é o marco da escalada esportiva no país, assim como a Agulha do Diabo, com seus 2.050 metros de altitude, é considerado um dos melhores lugares para a prática de escalada no mundo.

Além disto, o parque conta também com a famosa travessia Petrópolis Teresópolis, com mais de 30 quilômetros de distância, que passa por alguns dos mais belos visuais de todo o estado do Rio de Janeiro, passando pelos Castelos do Açu e também pela pedra do Sino. Geralmente esta travessia é feita entre 2 e 3 dias, em constantes subidas e descidas.

Outra atração é a trilha suspensa. Feita em madeira e acessível até para cadeirantes, o caminho faz o trajeto junto à um antigo aqueduto e permite a visualização da vegetação em uma altura elevada, bem próxima à copa das árvores.

O parque também conta com diversas cachoeiras, principalmente na região de Guapimirim e Magé. Além disto, há locais para a prática de rapel.

Outro atrativo é uma grande piscina natural que, embora não seja permitido o banho, é bastante procurada para reuniões de grupo ao seu redor formando no ambiente uma mistura de beleza natural com diversão.

O parque conta com visitantes durante todo o ano, desde praticantes de atividades esportivas, observação de aves, prática de fotografias de ambientes naturais até pessoas que desejam ter um contato maior com a natureza ou mesmo de confraternização com os amigos.

Fontes e informações complementares:
ICMBio em 20/11/2014


Importante: procure informar-se sempre sobre os procedimentos de segurança do organizador, assim como sua qualificação.

O parque possui 3 sedes de onde existem trilhas para a maioria de seus atrativos. Outros atrativos pode ser acessíveis por trilhas existentes a partir de sítios ou mesmos por pontos fora da região das sedes. Porém, é válido lembrar sempre das regras de conduta na região. Todas as sedes são fáceis de serem acessadas.

Sede Teresópolis

Deve-se acessar a BR 116 (seção Rio - Teresópolis) e, ao chegar na entrada da cidade, entrar na avenida Rotariana e seguir por ela por 1,7 quilômetro. Passando pela granja Comary, a entrada do parque fica à esquerda. Há sinalização no local.
De quem vem do centro de Teresópolis, seguir como se fosse em direção à BR 116. Após passar pela feira de artesanato da praça (Feirarte), siga por mais 800 metros. A entrada de acesso estará à direita.

Para quem vem de transporte público, pode solicitar para descer no ponto ou pegar um transporte público (ônibus ou taxi) da rodoviária da empresa de ônibus até a sede do parque (distância de, aproximadamente, 4 quilômetros).

Sede Guapimirim

A sede de Guapimirim fica em um ponto sinalizado no Km 78,5 da BR 116. Há uma pequena entrada disponível para quem vem do Rio de Janeiro e uma área de conversão para quem vem de Petrópolis. São 36 quilômetros após a praça do pedágio da rodovia. Após passar pela RJ 122 (que vai para Nova Friburgo), são 8,1 quilômetros. Para quem vem de Teresópolis em direção ao Rio de Janeiro, são 8,6 quilômetros da saída de Teresópolis, na avenida Rotariana.

Para quem vem de ônibus, é necessário solicitar ao condutor para parar no meio da estrada para o acesso (há um ponto aonde o ônibus pode parar sem atrapalhar o trânsito). Dependendo da política da empresa (e do motorista) não será possível parar no local. Portanto, antes de embarcar ou comprar o bilhete, verifique sobre a disponibilidade de descer na sede do parque.

Sede Petrópolis

Das sedes, é a que possui o acesso mais difícil.

Para quem vem do Rio de Janeiro, deve-se seguir pela BR 040 até a entrada de Petrópolis. Deste ponto há duas opções.
A primeira é entrar pelo centro histórico da cidade e pegar a rodovia Juscelino Kubitschek em direção à Itaipava. Ao chegar na parte da rodovia formada pela estrada União-Indústria, na qual fica margeando o rio Quintandinha, seguir até chegar no distrito de Corrêas e, dali, acessar a rua Dr. Agostinho Goulão, atravessando o rio por uma pequena ponte. Veja as instruções para esta rua em diante no texto abaixo. Este caminho é desvantajoso em relação à velocidade adquirida, devido à grande quantidade de paradas (semáforos, quebra-molas) e às limitações de velocidade reduzida necessária por estar em um centro urbano.
A segunda opção é continuar pela BR 040 até Itaipava. Dali, sair e acessar a rodovia Juscelino Kubitschek, já na parte da estrada União-Indústria. Seguir até o distrito de Corrêas, em um trajeto de 4 quilômetros e acessar a rua Dr. Agostinho Goulão, atravessando o rio por uma pequena ponte. Veja as instruções a seguir.

Chegando na rua Dr. Agostinho Goulão, seguir direto até a rua passar a ser chamada de estrada do Bonfim. Esta estrada terá momentos de subida e depois passará de asfalto para paralelepípedo e depois por um trecho de terra batida. Continuar até o seu final, em um trajeto total de 6,8 quilômetros desde o início da rua Dr. Agostinho Goulão.

Haverão umas pequenas placas indicando a direção correta nas bifurcações. Antes da entrada do parque, haverão alguns estacionamentos para os visitantes.

Para quem vai de ônibus, o recomendável ir até o centro de Petrópolis. De lá, seguir até a rodoviária e pegar um ônibus até Corrêas.
Em Corrêas, pegar as linhas 611 (Bonfim) que possui ponto final à 1 quilômetro da sede do parque ou a linha 616 (Pinheral) que vai até a escola rural do Bonfim, em uma distância um pouco mais próxima.


Veja o mapa (Google Maps):


Clique aqui para inserir um comentário

Total: 1 comentário(s)

Marcio em
Gostaria de saber mais sobre trilhas passeios no parque.
0 0

Cs Ecoturismo em
Boa tarde Marcio!
Estamos atualmente escrevendo novos roteiros do parque para o site. É um trabalho longo e árduo, porém, estaremos em breve inserindo no site mais informações.
Fique de olho pois teremos novidades em breve!
Qualquer dúvida, fique à vontade para tirar suas dúvidas conosco!
0 0

 
0 0
Facebook Twitter