CS Ecoturismo

Turismo Solidário na Chapada dos Veadeiros

Veja mais sobre o projeto de turismo solidário que é realizado na Chapada dos Veadeiros.

Por:

O Turismo Solidário é um novo segmento turístico que está ganhando espaço no mundo inteiro, e que tem como objetivo aliar o turismo e voluntariado ao combate à desigualdade social, criando uma experiência híbrida que na maioria dos casos, ultrapassa a imaginação, e a expectativa do participante.
 
A ideia central é empreender ações no sentido de congregar pessoas físicas e/ou jurídicas dispostas a conhecer de perto a realidade de famílias e comunidades que vivem na região turística, com o objetivo de colaborar na melhoria da qualidade de vida e no desenvolvimento humano e social comunitário.
 
O Turismo Solidário é definido como o conjunto integrado de serviço voluntário para um destino – seus residentes e ambiente – com os elementos tradicionais do turismo -  artes, cultura, lazer, história, geografia – daquele destino, possui quatro elementos básicos:

1) Implica em uma participação ativa,
2) É (relativamente) espontâneo,
3) Não é motivado por ganhos financeiros,
4) Incide sobre o bem comum.

Os visitantes podem oferecer diferentes tipos de ajuda, conforme suas possibilidades, tais como serviços sociais e/ou de doações. Em contrapartida os visitantes desfrutam do contato com a natureza e aprendem sobre os costumes e a vida simples da comunidade.

A Travessia Ecoturismo é uma das primeiras empresas a trabalhar com o Turismo Solidário no Brasil, sendo que foram os estrangeiros que participaram das primeiras ações na Chapada dos Veadeiros. Hoje temos a satisfação de contar em nossos projetos com a participação de grupos brasileiros.

A Travessia Ecoturismo sugere o local a ser ajudado, reformado ou construído e elabora o projeto técnico e financeiro. Uma vez aprovado, é iniciada uma fase de negociações com as prefeituras locais a fim de conseguir apoio logístico para as reformas.

As obras são iniciadas antes dos grupos chegarem e a parte final do trabalho é deixado para ser concluído em ritmo de mutirões com a participação dos financiadores e comunidades locais.

Além de sugerir, executar os projetos de reforma e construção e organizar os mutirões, a Travessia organiza toda a logística para a chegada dos grupos, monta acampamentos de alta qualidade com banheiros, cozinha, galpões de palha para refeições, além de espaços de integração, fogueiras e até um bar. A Cada ano a estrutura montada é deixada para a comunidade como apoio ao desenvolvimento do ecoturismo na área, que geralmente tem bom potencial.

Como contribuição da Travessia aos projetos, não é cobrada nenhuma taxa administrativa na execução das obras, a Travessia organiza o trabalho voluntário de uma equipe multidisciplinar local, envolvendo, arquitetos, engenheiro, pedreiros, ajudantes além de conseguir apoio das prefeituras municipais e lojas de materiais de construção.

A cada ano são identificadas as manifestações culturais mais expressivas de cada comunidade e organizados apresentações e workshops mostrando a culinária, danças, musica e celebrações tornando cada projeto uma grande vivência cultural.

A cada projeto concluído há uma notável mudança na qualidade de vida da comunidade beneficiada, pois uma vez que os voluntários vêm melhorar a situação das populações locais, as prefeituras acordam para a situação e participam com a logística e melhoria dos equipamentos.

Além dos grupos financiarem os projetos e participarem dos mutirões, eles trazem uma grande quantidade de doações (materiais escolares, roupas, materiais de higiene, brinquedos educativos, etc).

O Turismo Solidário é uma excelente forma de integração entre os grupos e comunidades, onde ambos têm a oportunidade de ensinar e aprender.

Segue a lista de ações de Turismo Solidário realizadas na Chapada dos Veadeiros:

2005

  • Reforma da Escola Veredas – 45 estudantes – Município de São João da Aliança – Bob Moore

2006

  • Reforma da Escola do Sertão – 170 estudantes – Município de Alto Paraíso – Bob Moore

2007

  • Reforma da Escola de Lages – 35 estudantes – Município de Colinas – Bob Moore
  • Planejamento Estratégico da ACVCV - Município de Alto Paraíso – HSBC – Next Generation

2008

  • Construção do da Escola Engenho – 70 estudantes – Município de Cavalcante – Bob Moore
  • Construção do Posto de Saúde do Engenho - Município de Cavalcante – Simply Health
  • Planejamento Estratégico da Associação Kalunga - Município de Cavalcante – HSBC – Next Generation

2009

  • Projeto de Sinalização (em inglês) do Centro de Visitantes do Parque Nacional da Chapada dos Veadeiros - Município de Alto Paraíso – Austin College Texas
  • Seminário de Ecoturismo Kalunga - Município de Cavalcante – HSBC – Goiás Turismo – Prefeitura de Cavalcante
  • Equipagem Posto de Saúde do Engenho - Município de Cavalcante – Expedição Chapada dos Veadeiros (Grupo Venturas & Aventuras)
  • Apadrinhamento de Crianças do Engenho - Município de Cavalcante – Expedição Chapada dos Veadeiros (Grupo Venturas & Aventuras)
  • Doação de Materiais Escolares e Parquinho para a Escola Veredas - Município de São João da Aliança - Expedição Chapada dos Veadeiros (Grupo Venturas & Aventuras)
  • Apadrinhamento de Crianças do Veredas - Município de São João da Aliança - Expedição Chapada dos Veadeiros (Grupo Venturas & Aventuras)
  • Reforma da Escola do Forte - Município de São João da Aliança – Bob Moore

2010

  • Reforma da Escola São Domingos - Município de Cavalcante – Grupo Santander
  • Reforma da Escola Veredas - Município de São João da Aliança – Bob Moore

2011

  • Doação de 70 Kits para Guias Kalungas - Município de Cavalcante - Instituto HSBC de Solidariedade

Breve Descritivo dos Últimos Projetos

Santander Project 2010 – Cavalcante

Em Outubro de 2010 recebemos o grupo Santander para reformar a Escola de São Domingos com 120 estudantes no Município de Cavalcante. Foi construída uma sala de aula e o prédio existente foi reparado e pintado.

Esta escola foi destaque da revista época como uma das mais precárias situação de ensino do Brasil.

Durante a estadia dos grupos acontecem várias atividades de integração entre os grupos e comunidades envolvidas. A cada ano são identificadas as manifestações culturais mais expressivas de cada comunidade e organizados apresentações e workshops mostrando a culinária, danças, musica e celebrações tornando cada projeto uma grande vivência cultural.

Bobby Moore Project 2010 – Veredas

Em setembro de 2010 recebemos o grupo da instituição Bobby Moore. Foi reformada a escola do Povoado Veredas no Município de São da Aliança. Foram construídas duas salas de aula e o prédio existente foi reparado e pintado. Durante a estadia dos grupos acontecem várias atividades de integração entre os grupos e comunidades envolvidas. A cada ano são identificadas as manifestações culturais mais expressivas de cada comunidade e organizados apresentações e workshops mostrando a culinária, danças, musica e celebrações tornando cada projeto uma grande vivência cultural.

Doação de 70 Kits para Guias Kalungas 

Os condutores de visitantes da comunidade Kalunga dos municípios de Cavalcante e Teresina de Goiás, receberam uma doação de sessenta “kits guias”, que foi possível através de uma parceria entre a empresa Travessia Ecoturismo, Associação de Condutores de Visitantes Quilombo Kalunga e o Instituto HSBC de Solidariedade.

A doação dos kits foi uma conquista relevante para guias do Sítio Histórico e Patrimônio Cultural Kalunga. A entrega que aconteceu no dia 14 de janeiro foi realizada na comunidade Engenho II, que fica a 25 quilômetros da cidade de Cavalcante na Chapada dos Veadeiros.
Cerca de cinquenta guias estavam presentes e receberam o kit, contendo: uma mochila, um cantil, um rescue bag, um apito, um colete salva-vida, um kit primeiro socorros e uma camiseta de guia da associação.

Os visitantes do território Kalunga contam a partir de agora com mais segurança nas trilhas e atividades de turismo de aventura. Um estímulo importante para guias das comunidades Engenho II, Vão de Almas, Vão do Moleque, Prata e Ema que estão constantemente sendo qualificados em cursos de primeiros socorros e técnicas de guiagem.
Os Kalungas são receptivos e hospitaleiros, característica de comunidades tradicionais, com a chegada de novos kits uma melhor condição de trabalho é adquirida para os condutores de ecoturismo.

Calisto morador e guia do Vão de Almas ressalta: “Estou feliz com a doação do kit, eu acredito que vamos trabalhar com melhores condições e vai ser melhor pra receber os turistas. Com colete salva vida o turista tem menos medo no transporte de canoa para atravessar o rio, sem contar que temos kit primeiros socorros para qualquer coisa mais grave.”

É importante manter o aprimoramento e qualificação de pessoas ligadas diretamente as atividades turísticas, na Chapada dos Veadeiros e território Kalunga. Assim sendo somente lembranças boas serão levadas pelos turistas de nosso cerrado exuberante.
Por: João Luiz – Zariah

O Turismo Solidário segue com força total nas ações prioritárias da Travessia Ecoturismo.

Informações complementares



Clique aqui para inserir um comentário

Total: 0 comentário(s)

Nenhum comentário encontrado!

 
0 0
Facebook Twitter